DIR*
 Mostra uma listagem de arquivos de um diretório especificado
------------------------------------------------------------------------------

 Sintaxe

     DIR [<xcEsqueleto>]

 Argumentos

     <xcEsqueleto> define a especificaçao de arquivos a serem exibidos e
     pode incluir caracteres do tipo coringa padrao (* e ?).  <xcArquivo>
     pode ser especificado por uma cadeia de caracteres, ou seja, o próprio
     nome do arquivo, ou por uma expressao caractere entre parênteses.

 Descriçao

     O comando DIR exibe uma listagem de arquivos do diretório especificado
     em um ou dois formatos, dependendo se você especificar o argumento
     <xcEsqueleto> ou nao.  Se você nao especificar um path, <xcEsqueleto>
     mostra uma listagem padrao de arquivos de dados contidos no diretório
     corrente ou especificado.  A lista inclui o nome do arquivo de dados,
     data da última atualizaçao, e número de registros.  Se você especificar
     <xcEsqueleto>, o comando mostra uma listagem de todos os arquivos no
     diretório especificado.   Nesse caso, a lista inclui o nome do arquivo,
     extensao, número de bytes, e data da última atualizaçao.

     Se nao for especificado o diretório, o comando DIR mostra arquivos do
     diretório e drive DOS corrente a nao ser que o comando SET DEFAULT
     tenha sido usado para especificar um novo diretório padrao.

     DIR é um comando de compatibilidade e portanto nao recomendado. Ele
     está superado pela funçao DIRECTORY().

 Notas

       Menu de Barra Luminosa: Para apresentar informaçoes do
        diretório ao usuário, use a funçao ADIR(), que retorna uma ou mais
        informaçoes sobre o diretório para dentro de um vetor, e a funçao
        ACHOICE(), que apresenta ao usuário um menu de janela.

 Exemplos

     Os exemplos a seguir mostram arquivos de dados e DOS no diretório
     corrente:

     cFilespec := "*.*"
     DIR (cFilespec)          // Mostra todos arquivos
     DIR                      // Mostra todos os (.dbf)
     DIR *.prg                // Mostra todos os (.prg)

 Arquivos:  Biblioteca EXTEND.LIB.
 To download this example - click here.

See Also: SET DEFAULT DIRECTORY()