SET INDEX
 Abre arquivo(s) de índice na área de trabalho corrente
------------------------------------------------------------------------------

 Sintaxe

     SET INDEX TO [<xcLista Indice>]

 Argumentos

     <xcLista Indice> sao os nomes de um ou mais (o número máximo é 15)
     arquivos de índice (.ntx or .ndx), separados por vírgulas.  Qualquer
     referência ao nome de um arquivo de índice que resulte em uma cadeia de
     caracteres nula ("") ou espaços é ignorada.  Cada arquivo de índice
     pode ser especificado pelo próprio nome do arquivo ou por expressao
     caractere entre parênteses.  Uma extensao (.ntx) ou (.ndx) é assumida,
     a nao ser que outra seja especificada.  (.ntx) é a extensao padrao.
     Caso DBFNDX.LIB seja especificado para o linker, o padrao passa a ser
     (.ndx).

     SET INDEX TO sem um argumento fecha todos os índices abertos na área de
     trabalho corrente.

 Descriçao

     O comando SET INDEX fecha todos os arquivos de índice abertos no
     momento e depois abre os arquivos de índice especificados na área de
     trabalho corrente.  Quando mais de um arquivo de índice é aberto para o
     arquivo de dados ativo, o primeiro índice torna-se o índice de
     controle.  O ponteiro de registro é inicialmente posicionado no
     primeiro registro lógico no índice.  Durante o processamento do arquivo
     de dados, todos os índices abertos sao atualizados sempre que um valor
     chave é anexado ou trocado.  Para mudar o índice de controle sem
     necessitar de um outro comando SET INDEX, use SET ORDER.

     O comando SET INDEX é utilizado primordialmente para abrir arquivos de
     índice em ambientes de rede ao invés do da cláusula INDEX do comando
     USE.  Geralmente, você invoca o comando USE para abrir o <xcArquivo> e
     depois faz um teste para verificar se o comando USE deu o resultado
     esperado.  Caso tenha aberto o arquivo de dados, você abre os índices
     associados com SET INDEX.  Veja o exemplo abaixo.

 Exemplos

       O exemplo a seguir demonstra a abertura de arquivos de índice
        utilizando expressoes extendidas.  Observe como cada nome de arquivo
        de índice é especificado através de uma variável diferente:

        xcIndex1 = "Name"
        xcIndex2 = "Account"
        SET INDEX TO (xcIndex1), (xcIndex2)

       Este exemplo demonstra a utilizaçao de SET INDEX em ambiente
        de rede para abrir índices:

        USE Sales SHARED
        IF NETERR()
           SET INDEX TO Sales, Territory
        ELSE
           ? "USE nao executado"
           BREAK
        ENDIF

 Arquivos:  Biblioteca CLIPPER.LIB.
 To download this example - click here.

See Also: CLOSE INDEX REINDEX SET ORDER USE